Manoel Vitorino: Boletim coronavírus é preocupante, decreto municipal continua em vigor


Boletim coronavírus desta quarta-feira (08), destaca o terceiro óbito no município, casos confirmados e notificados continuam subindo, enquanto que os ativos e recuperados estacionaram.

O coronavírus no município de Manoel Vitorino é muito preocupante, a secretaria de saúde do município continua no trabalho de prevenção e combate do inimigo letal e invisível da população, todos os alarmes possíveis estão sendo acionados.

De acordo com a secretária de gabinete Marlene Costa, o decreto continua em sua prorrogação, o toque de recolher continua valendo a partir das 20:00 horas, o comercio continua abrindo parcialmente das 07:00 as 14:00 horas até que o nível de contaminados no município diminua.

LUTO: Terceiro óbito por coronavírus em Manoel Vitorino, segundo em menos de 24 horas


Foto: Levy Barros

Um casal de idosos foram vítimas da COVID-19 em Manoel Vitorino, trata-se de dona Carmélia Correa e seu Gilberto Correa. De acordo com Leonardo Gomes, neto do casal, não houve nenhuma reunião entre família e ele não tem ideia de como seus avós foram infectados, a suspeita é de alguma embalagem com produtos que vieram da rua mas ninguém sabe ao certo o que de fato aconteceu. Seu Gilberto e dona Carmélia ainda chegaram a ser hospitalizados mas não resistiram aos sintomas vindo a falecer na última terça-feira (07).

Nas redes sociais o prefeito Silvany Barros e a primeira Dama Marcela Torres lamentaram a triste perda do casal.

Este site se solidariza pela irreparável perda de dois patriarcas de famílias numerosas em nossa cidade, prestamos nossas sinceras condolências pelos familiares ilutados. Que DEUS na sua infinita Benevolência, Misericórdia e Graça possa ser o sustentáculo de cada um neste momento difícil.

PRF prende passageira de ônibus com bagagem “recheada” de maconha


Foto: Divulgação

Quarenta quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde de terça-feira (07), em Jequié. Inicialmente, foi dada ordem de parada ao veículo que seguia de São Paulo (SP) com destino a capital Recife (PE). Durante os procedimentos de vistoria no compartimento externo do ônibus, foram encontrados 27 (vinte e sete) tabletes de maconha prensada, escondidos em uma mochila e uma mala. Após checagem dos tíquetes das bagagens, a passageira de 26 anos, foi identificada como responsável pelo transporte da droga. Aos policiais, ela relatou que a droga foi entregue em um hotel localizado em São Paulo (SP). Disse ainda que ganharia 1.500 reais para realizar o transporte da maconha até Igarassu (PE). Estima-se que a droga no mercado possa valer quase 50.000 reais. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante e a mulher e o produto apreendido foram apresentados a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil em Jequié (BA). Inicialmente, ela responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, que tem pena prevista de 5 a 15 anos. Jr. Mascote.

Segunda vítima do COVID-19 em Manoel Vitorino, números de casos continuam crescendo, diz secretária


O Boletim Epidemiológico do Coronavírus desta terça-feira (07), atualizado às 16:30, divulga que, mais de 80% dos pacientes infectados pelo coronavírus no município já estão recuperados.

Faltando apenas um dia para completar os 7 dias do toque de recolher, a secretaria municipal de saúde de Manoel Vitorino informou o segundo óbito pelo coronavírus. Trata-se de um senhor de 94 anos, mas, de acordo com a secretária municipal de saúde Marcela Torres, o falecimento ocorreu em ambiente hospitalar, onde passam por uma comissão de revisão, algo que pode exigir mais tempo para a informação constar no sistema, por isso não foi atualizado no boletim de hoje.

“Estamos aguardando a inclusão da informação no sistema que deverá ser realizado pelo Hospital Geral Prado Valadares ao banco de dados do Estado e assim poderemos formalizar a publicação no boletim”, informou Marcela Torres no Facebook oficial do prefeito.

Marcela voltou a pedir o apoio da população no combate ao COVID-19 e disse que a luta continua e que é preciso está vigilante pois o número de casos ainda é crescente no município.

Bahia: Jovem internado com coronavírus manda áudio antes de morrer: “Vão desligar os aparelhos”


Foto: Macaubense

Antes de ter o óbito confirmado pelo do Hospital de Campanha montado no Wet’n Wild, localizado na Avenida Luís Viana (Paralela), na manhã da última terça-feira (30), o jovem Leandro Santos Azevedo, de 19 anos, vítima do novo coronavírus, enviou um áudio para a namorada.

O rapaz teria dito a namorada Talita Fernandes, através de áudio enviado pelo aplicativo WhatsApp, que ouviu profissionais de saúde falando que iam lhe intubar e, em seguida, desligar os aparelhos.
De acordo com o site AratuOn, Marcos Azevedo informou que o sobrinho deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizado na capital baiana, no domingo (28) e, no dia seguinte, foi transferido para Wet’n Wild. Na terça-feira (30), familiares foram informados da morte do jovem.
No entanto, com o áudio enviado pelo rapaz, Marcos achou a situação estranha, uma vez que a causa da morte foi diagnosticada como Covid-19, pneumonia e insuficiência respiratória. “Pelo áudio que ele mandou pra toda família, dizendo que iam intubar ele e que iam desligar o aparelho, a gente está achando a situação muito estranha, tratando-se de um jovem de 19 anos”, ressaltou Marcos.
Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) declarou que não houve negligência no atendimento a Leandro e que, apesar de toda estrutura assistencial, a piora clínica do paciente “evoluiu rápido”.
“A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informa que de acordo com o apurado junto à empresa Associação Saúde em Movimento (ASM), gestora do Hospital de Campanha do Wet’n Wild, não houve erro/negligência médica no atendimento ao paciente Leandro Santos Azevedo. Ainda segundo a ASM, devido a complicações do estado clínico do paciente, a equipe médica optou pela intubação do mesmo, uma vez que o tratamento com uso do respirador mecânico não estava surtindo efeito. Infelizmente, a piora clínica evoluiu rápido, apesar da utilização de toda estrutura assistencial disponível no leito de UTI da unidade. Ainda assim, uma equipe técnica da SMS responsável pela fiscalização das metas qualitativas dos atendimentos ofertados à população pelas empesas terceirizadas fará apuração dos fatos”, esclareceu. Macaubense.

Operação COVID-19 Manoel Vitorino: Primeira noite de toque de recolher não foi tão tranquilo como nas demais regiões, veja!


Foto: Divulgação | Levy Barros

A primeira noite do toque de recolher na sede do município não foi tão tranquila como no Distrito de Catingal, 05 pessoas foram abordas nas ruas depois do horário do toque de recolher. De acordo com o comandante, o trabalho desse primeiro dia foi mais educativo e de orientação e conscientização da população.

Foram empregada na operação na cidade de Manoel Vitorino, Distrito de Catingal e Povoado do Salgado 03 viaturas, sendo que 02 na sede do 19°BPM e 01 do pelotão de Manoel Vitorino.

Foi empregado 08 policiais 05 de reforço e 02 do plantão do 4°pelotão diário e o CMD do pelotão o Capitão PM Dantas.

Não teve alteração o trabalho da polícia desde cedo foi muito importante junto a vigilância sanitária.

Sinal de telefonia vivo volta a funcionar no Distrito de Catingal


Foto: Levy Barros

Sinal de telefonia voltou a funcionar depois de mais de três meses fora do ar, pelas redes sociais a população reivindicava. A nossa reportagem, o prefeito disse que o técnico que faz a manutenção havia recebido para fazer o serviço, mas que, devido a pandemia, muita coisa não está andando, uma peça que vem de longe, muitas vezes de fora do país acaba levando meses para chegar em seu destino e que talvez esse tenha sido o problema do atraso.

“Sei que o povo precisa do serviço de telefonia e eu também precisei várias vezes pois parte da semana eu vivo aqui. Mas a prefeitura não pode pagar duas vezes pelo mesmo serviço, eu não posso simplesmente porque um não deu certo, pagar novamente pelo mesmo serviço! infelizmente, parte do recurso tinha sido pago e tínhamos que aguardar a peça nova chegar”.

O prefeito disse ainda que nem tudo que acontece no município ele tem o poder para resolver de imediato, que as cobranças serão sempre muito bem-vindas e que fará de tudo para atender as necessidades dos munícipes.

Primeira noite do toque de recolher em Catingal, confira!


Foto: Levy Barros

Distrito de Catingal reage bem ao toque de recolher, medida tomada pelo poder publico municipal para o enfrentamento da COVID-19 no município.

A primeira noite foi tranquila e pacífica, ruas totalmente desertas e população em casa. Polícia Militar fez ronda para garanti o cumprimento do decreto.

Câmara aprova PEC que adia para novembro eleições deste ano


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) a proposta de emenda à Constituição (PEC) que adia para novembro as eleições municipais deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus.

Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno estava marcado para 4 de outubro, e o segundo, para 25 de outubro. A PEC adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.

O texto-base foi aprovado em primeiro turno por 402 votos a 90 (houve 4 abstenções). No segundo turno, a PEC foi aprovada por 407 votos a 70 (houve 1 abstenção).

O texto já foi aprovado pelo Senado e seguirá para promulgação, pelo Congresso Nacional. A sessão está marcada para a manhã desta quinta-feira (2).

Na votação em primeiro turno, os deputados aprovaram dois destaques, isto é, modificações no texto. No entanto, técnicos da Câmara explicaram que as mudanças não exigirão que o texto volte para nova análise do Senado.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem defendido o adiamento como medida para minimizar o risco de contágio da doença, mas desde que seja ainda para este ano.

Data-limite

Caso um município ou estado não apresente condições sanitárias para realizar as eleições em novembro, o Congresso poderá editar um decreto legislativo designando novas datas para a realização do pleito, tendo como data-limite o dia 27 de dezembro de 2020.

Inicialmente, a proposta aprovada pelos deputados previa que, no caso dos municípios nesta situação, caberia ao TSE definir nova data. No entanto, os parlamentares aprovaram um destaque para modificar a PEC e deixar a regra igual à dos estados.

Outra mudança aprovada foi a supressão de um dispositivo que dizia que caberia ao TSE promover a adequação das resoluções anteriores ao novo calendário. Com isso, o entendimento é que qualquer adequação precisará passar pelo Legislativo..

Outros pontos

Saiba outros pontos previstos na PEC:

  • Registro de candidaturas: O prazo atual é até 15 de agosto. Pelo texto, os partidos poderão solicitar à Justiça Eleitoral o registro dos candidatos até 26 de setembro;
  • Convenções: Hoje, o calendário eleitoral determina que as convenções dos partidos para a escolha de candidatos aconteçam entre 20 de julho e 5 de agosto. Pela PEC, o prazo passa a ser entre 31 de agosto e 16 de setembro e por meio virtual;
  • Propaganda: A PEC altera ainda trecho da legislação eleitoral que proíbe publicidade institucional nos três meses anteriores ao pleito. Pelo texto aprovado, as prefeituras poderão, no segundo semestre deste ano, fazer publicidade institucional de atos e campanhas dos órgãos públicos municipais destinados ao enfrentamento à pandemia do coronavírus e à orientação da população quanto a serviços públicos e a outros temas afetados pela pandemia. Eventuais condutas abusivas serão apuradas.

Datas

A proposta fixa datas para a realização de eventos relacionados à campanha eleitoral. Pelo texto:

  • a partir de 11 de agosto: as emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário;
  • entre 31 de agosto e 16 de setembro: prazo para a realização das convenções para escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações;
  • até 26 de setembro: prazo para que os partidos e coligações solicitem à Justiça Eleitoral o registro de candidatos;
  • após 26 de setembro: prazo para início da propaganda eleitoral, também na internet;
  • a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;
  • 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
  • até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
  • até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.