Congresso de Mulheres na Primeira Igreja Batista foi um sucesso


O encerramento do Congresso de Mulheres da 1º Igreja Batista de Catingal, teve sabor de saudade aliada a um profundo sentimento de gratidão. O Ministério de Louvor deu início ao último dia de festa cantando lindos louvores.

Em sua ministração, a Cantora e Missionária Gil, falou sobre a mulher e a importância de ser perseverante e observadora, as atitudes que levaram Ana a alcançar a uma grande vitória foram justamente saber clamar, falar com sabedoria, honrar o profeta e estar preparada para a conquista.

No final do culto, a cantora orou por todos os presentes, e mais uma vez um momento de contrição, arrependimento e entrega aconteceu…

A edição 2018 da festividade de aniversário da MCM chegou ao fim, mas a certeza das grandes coisas que o Senhor fez no coração de cada mulher e de cada visitante será levada pelos participantes para influenciarem vidas por onde andarem

TCE e TCM identificam 1.548 servidores que acumulam cargos ilegalmente


Auditores do Tribunal de Contas do Estado e do Tribunal de Contas dos Municípios identificaram 1.548 servidores que acumulam ilegalmente cargos públicos e estão simultaneamente nas folhas de pagamentos do Estado, de prefeituras e de câmaras de vereadores em 332 municípios, com despesas que chegam a R$19,4 milhões por ano. O levantamento foi feito a partir do cruzamento das bases de dados do TCM e do TCE, que encontrou evidências de irregularidades não apenas na área de pessoal como também de contratos administrativos celebrados por prefeituras e outros órgãos públicos.

Segundo o superintendente técnico do TCE, José Raimundo Bastos de Aguiar – um dos coordenadores do trabalho -, além da acumulação ilegal de cargos, na área de pessoal foram encontrados os nomes de 20 servidores já falecidos em folhas de pagamentos, em 11 municípios, que representam uma despesa anual injustificável de R$684 mil. “Além disso, e tão grave quanto, o estudo constatou que entes públicos baianos fizeram contratações com fornecedores considerados inidôneos – segundo o Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (CEIS) – envolvendo recursos da ordem de R$123 milhões”. Segundo ele, foram 88 contratos em 47 municípios.

O superintendente Raimundo Bastos de Aguiar, do TCE, e o Superintendente de Controle Externo do TCM, Antonio Emanuel de Souza, que comandaram o trabalho, ressaltaram, no entanto, que as situações identificadas “representam inicialmente indícios de irregularidades, que precisarão de confirmação mediante a realização de auditorias pelo TCE e pelo TCM. Isto porque, em tese, há situações que eventualmente podem ser justificadas de alguma forma pelos gestores jurisdicionados, ou que podem ser resultado de erros de cadastramento nos sistemas”.

Além das irregularidades com pessoal e dos contratos com empresas inidôneas, segundo Antonio Emanuel de Souza, no estudo foram localizados dois contratos celebrados por municípios com fornecedor suspenso pela Secretaria da Receita Federal, “além de um contrato municipal celebrado com empresa que possui servidor público do próprio município como sócio”.

Raimundo Bastos de Aguiar, destacou a importância da colaboração e da troca de informações entre os dois tribunais de contas e disse que o cruzamento das bases de dados do TCM e do TCE permitirá o desenvolvimento e aplicação de “trilhas de auditoria”, tornando o trabalho mais eficiente e ágil, já que será deflagrado a partir de indícios claros de irregularidades. Neste primeiro levantamento – observou – foram utilizadas as bases dos sistemas “Mirante, do TCE, e “SIGA”, do TCM, abrangendo o período de janeiro a junho de 2018. “E os resultados dão bem uma ideia do potencial e do quanto poderá este cruzamento de dados contribuir para dar maior eficácia à fiscalização da correta aplicação dos recursos públicos – que é nosso dever zelar.”

O superintende de Controle Externo do TCM acrescentou ainda que a busca de “trilhas” para otimizar a ação dos auditores, no levantamento feito, permitiu identificar quadros que apontam para a necessidade de realização de exames auditoriais complementares, por indicar eventual direcionamento em licitações. “Neste caso, foram identificados contratos celebrados com empresa criada poucos dias antes da contratação – o que por si só é muito estranho. Foram 238 contratos em 128 municípios e câmaras de vereadores, envolvendo R$7,4 milhões. Vamos, claro, investigar e, se for o caso, punir os envolvidos e até mesmo denunciá-los à Justiça, em caso de crime contra o erário”.

O presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, comemorou os primeiros resultados concretos da parceria com TCE com o objetivo de desenvolver atividades de fiscalização e combate à corrupção. “Não temos porque disputar protagonismo, nosso objetivo é servir à população, é cumprir com correção e com a agilidade necessária o dever de exercer o controle externo, de fiscalizar a boa aplicação dos recursos públicos. E é também desejo do presidente do TCE, conselheiro Gildásio Penedo Filho, estreitar ainda mais esta relação, desenvolver ainda mais esta parceria, porque, com ela, quem ganha é a população”.

O conselheiro Gildásio Penedo Filho, por sua vez, destacou que o objetivo “é incentivar os técnicos dos dois tribunais a trocar conhecimentos, a utilizar a tecnologia da informação associada a métodos estatísticos para direcionar o trabalho das auditorias em busca da melhor eficiência na utilização dos recursos humanos, de modo a que se tenha um efetivo ganho de produtividade. Por isso é importante o compartilhamento das bases de dados, que pode identificar situações atípicas que apontem para eventuais irregularidades que devem ser investigadas, no sentido de se combater desperdícios ou mesmo desvios na administração de órgãos públicos”, concluiu.

Sem Lula Jair Bolsonaro lidera e Fernando Haddad desaparece com apenas 4%


A pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera 39% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro (PSL), em 19%, e Marina Silva (Rede), com 8%. Confira o cenário completo:

Geraldo Alckmin (PSDB): 6%;
Ciro Gomes (PDT): 5%;
Alvaro Dias (Podemos): 3%;
João Amoêdo (Novo): 2%;
Henrique Meirelles (MDB): 1%;
Guilherme Boulos (PSOL): 1%;
Cabo Daciolo (Patriota): 1%;
Vera (PSTU): 1%;
João Goulart Filho (PPL): 0%;
Eymael (DC): 0%;
Branco/nulos/nenhum: 11%;
Não sabe: 3%.

O levantamento também apontou os percentuais de intenção de voto para presidente da República com a inclusão do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no segundo. Nesse cenário, o resultado seria:

Jair Bolsonaro (PSL): 22%;
Marina Silva (Rede): 16%;
Ciro Gomes (PDT): 10%;
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%;
Alvaro Dias (Podemos): 4%;
Fernando Haddad (PT): 4%;
João Amoêdo (Novo): 2%;
Henrique Meirelles (MDB): 2%;
Vera (PSTU): 1%;
Cabo Daciolo (Patriota): 1%;
Guilherme Boulos (PSOL): 1%;
João Goulart Filho (PPL): 1%;
Eymael (DC): 0%;
Branco/nulos/nenhum: 22%;
Não sabe: 6%;

A pesquisa foi registrada com número BR 04023/2018. Foram ouvidos 8.433 eleitores em 313 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Cavalgada Beira Rio edição 2018, confira o que aconteceu


Fotos: Divulgação

A cavalgada é uma das modalidades que está consolidada em Manoel Vitorino e região, isso se deve a grande participação de Cavaleiros e Amazonas que faz com que todas as cavalgadas tenham grande participação.

No último sábado (18), aconteceu a 6ª Edição da Cavalgada Beira Rio, a cavalgada Beira Rio é uma festa organizada pelo vereador Jairo e pela família Espírito Santo, de acordo com a organização a 6º Edição da Cavalgada Beira Rio foi um sucesso, foram 72 cavalos, um número bastante satisfatório para a região, além de uma grande quantidade de participantes de carros e motos que chegaram mais tarde para participar da festa.

Seu Placêncio e vereador Jairo

A concentração foi na casa de Irene, onde a comitiva participou de uma deliciosa feijoada antes da largada com destino a casa de Maria de Guiu, local finalizou a cavalgada dando início a festa dançante que contou com a participação das bandas: Clebson Lima e Caio e Mario do Forró.

“Agradeço a presença da polícia militar que fez a segurança de todo evento, a Maria, Guiu e Irene; por abrir as portas de suas casas para receber nossa comitiva nesta festa linda que só tem a crescer em nosso município”, pontuou o vereador Jairo Espírito Santo.

Estiveram presentes na 6º Edição da Cavalgada Beira Rio, pessoas ilustres de nosso município como: secretário de finanças Nando Costa, secretário de obras Leonardo Brito e a secretária de educação que participou montada a cavalo em todo percurso.

Levy Barros

Bolsonaro: “O Estado é laico, mas eu sou cristão”


Jair Bolsonaro e esposa na igreja. (Foto: Reprodução / Youtube)

O deputado federal e candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) participou do culto neste domingo (19) na Igreja Batista Atitude, no Rio de Janeiro. No final da reunião, o pastor Josué Valandro Jr. chamou o político para receber uma oração.

O líder da igreja relatou que participou, com vários outros pastores influentes do Brasil, de uma espécie de sabatina dos candidatos em Belo Horizonte, na semana passada. Segundo ele, foram convidados também Geraldo Alckmin e Marina Silva. Bolsanaro foi o que recebeu mais apoio.

Deixando claro que não se tratava de campanha, nem de voto de cabresto, Valandro explicou que a família frequenta a igreja e a esposa do político, Michele “é ativa e dedicada” na congregação.

“Deputado, eu não sei qual é a vontade de Deus para sua vida, mas uma coisa eu queria te falar […] Nós louvamos a Deus pela sua coragem, não preciso concordar com tudo que o Bolsonaro diz para orar pela sua vida”, declarou o pastor diante dos presentes.

O vídeo com o momento de oração está circulando nas redes sociais e ficou entre os 10 mais assistidos do Youtube nesta segunda-feira (20).

Ao chamar os demais pastores para a oração, Valandro destacou: “nós precisamos [na presidência] de alguém justo e correto”. Bolsonaro ajoelhou, ao lado da esposa, enquanto o pastor da igreja clamou pela vida do candidato e de sua família.

“Ele tem orado e pedido sabedoria a Deus. Ele respeita a Igreja e respeita as crianças, ele não é favorável à morte de inocentes… Este homem tem valores cristãos, é amigo das igrejas evangélicas e da ética. Que em outubro tenhamos uma resposta do céu”, asseverou, intercedendo para que a nação brasileira seja unida “em direção à fé”.

Recebendo cerca de 30 segundos para se manifestar, Bolsonaro chorou e disse que “de tanto ver coisas erradas, decidi concorrer”. Falando sobre seus adversários, destacou: “sei o que eles têm, mas eu tenho o que eles não têm… Temos que valorizar a família, devemos varrer o comunismo do Brasil”. Sob aplausos, encerrou dizendo que “O Estado pode ser laico, mas eu sou cristão”.

Assista!

Oficina SEBRAE preparou mais 25 novos empreendedores em Manoel Vitorino


Foto: Divulgação

Aconteceu na última quarta-feira (15), a Oficina SEBRAE em Manoel Vitorino sobre o tema “Como obter crédito para minha empresa, cuidados e preparação”. O evento é uma parceria da prefeitura municipal de Manoel Vitorino e SEBRAE e contou com a participação das entidades de créditos: Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal e DESENBAHIA.

Foto: Divulgação

comerciantes empreendedores da sede, do Distrito de Catingal e Povoado do Salgado participaram da oficina SEBRAE em Manoel Vitorino.

O evento contou ainda com as ilustres presenças dos representantes das seguintes entidades: Yalam Carozo, agente de crédito do Banco do Nordeste; Anderson e Ricardo, Caixa Econômica Federal; Vítor Filho, DESENBAHIA; Alessandra Vaz e Jener, consultores do SEBRAE; Almir Nunes, Sec. Municipal de agricultura e Nilton Alves de Oliveira, agente de desenvolvimento.

Novo poço artesiano é perfurado e instalado no Povoado do Recreio


Foto: Levy Barros

O povoado do Recreio recebeu mais um poço artesiano. Foi atendendo um anseio da população e um pedido do vereador Antônio Venâncio que, a prefeitura de Manoel Vitorino realizou a perfuração e instalação do novo poço do povoado do Recreio.

Agora a população do Recreio pode contar com água boa e de qualidade para atender as famílias que sempre buscaram por este benefício.

Eleições 2018: Um dia é da caça e outro do caçador


Um dia é da caça e outro do caçador, quem nunca ouviu essa frase? pois é, estamos literalmente nos dias da caça! Chegou o período de campanha eleitoral e sem a intenção de fazer uma má comparação, posso adiantar que, nós eleitores agora estamos por cima, somos a bola da vez, estamos sendo caçados a todo custo. Algumas coisas estão mudando para melhor, aquele carro de som que berrava nos ouvidos do eleitor, só vai ser permitido se o próprio candidato estiver dentro do veículo. Mas, nas redes sociais, vão atazanar a tua vida, se não bastasse os cabos eleitorais enchendo sua timeline de imagens e vídeos de candidatos, a Justiça autorizou os candidatos a pagarem pelo impulsionamento de conteúdo eleitoral na internet, recurso que empresas e governos já usam há anos.

Sendo assim, fiquemos em alerta, e preparem-se, você será perseguido 45 dias sem parar, a grande vantagem é que agora você é a situação.

Por Levy Barros

Segundo Sol: Luzia se alia a Roberval para planejar vingança contra Laureta


Os dois ainda contarão com a ajuda de Galdino, ex-braço direito da cafetina
Foto: Divulgação | TV Globo

Luzia (Giovanna Antonelli) passará para a turma das mocinhas vingativas. A DJ de Segundo Sol ganhará um anjo da guarda, Roberval (Fabrício Boliveira), e um braço direito, Galdino (Narcival Rubens), para a sua grande virada na história: a vingança de Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco). Ela ficará com sangue nos olhos ao ver sua vida destruída pela segunda vez ao ser acusada de assassinar Remy (Vladimir Brichta).

“Dessa vez eu vou me vingar! Nem que seja a última coisa que eu faça na minha vida”, afirmará a loira. “Nisso eu tenho que concordar com você, essas duas não vão parar até ver o seu fim”, rebaterá Groa (André Dias).

Vale ressaltar que tudo isso acontece depois de outra grande chacoalhada na trama. Primeiro, o público verá Luzia ser inocentada de matar seu ex-marido, e Beto (Emilio Dantas) acabará com a farsa de sua morte.

Remy será encontrado morto com 14 facadas e a notícia do assassinato vai se espalhar rapidamente por Salvador. Todos acharão que a responsável pela morte é Luzia, em mais uma das armações de Karola e Laureta.

Assim, com um plano só, elas vão se livrar do chantagista e ainda dos fantasmas que Luzia representa.Trechos dessa reviravolta lembram muito a revolta da Clara (Bianca Bin) em O Outro Lado do Paraíso, que está na memória dos telespectadores. Mas também tem o DNA do autor João Emanuel Carneiro, responsável pela vingativa Nina/Rita, de Avenida Brasil (2012).

Novo assassinato
Após ser flagrada seminua em uma cama com o corpo de Remy todo ensanguentado e com a faca do crime nas mãos, Luzia fugirá com a mochila de
dinheiro que terá levado para pagar o chantagista pela promessa de lhe apresentar a suposta filha que ela teve com Beto. Falar que ela teve uma menina faz parte da armação de Laureta.

Luzia só descobrirá que o verdadeiro assassino colocou papel picado na bolsa e roubou o seu dinheiro quando já estiver escondida longe do local do crime. Ela quase será pega por Galdino ao encontrar Cacau (Fabiula Nascimento) em uma igreja. O ex-torturador estará seguindo a cozinheira. Capangas de Roberval vão dar uma surra no faz-tudo de Laureta e levarão Luzia para a casa do milionário. Ele prometerá ajudá-la e revelará que também saiu fugido do
Brasil ao se envolver com a cafetina há mais de 18 anos.

“Eu sabia que tinha que voltar pra fazer o acerto de contas com minha família, e agora com Laureta”, dirá o vingativo. “Aquela mulher é um monstro, é capaz de tudo…”, falará a DJ. “Fomos vítimas da mesma pessoa na mesma época. Eu tava lá quando Cacau levou Manu [Luisa Arraes] e Ícaro [Chay Suede] praquela casa porque você tava presa. Logo em seguida conheci Laureta, eu tava por baixo e ela me estendeu a mão pra me usar num plano sórdido que tinha”, contará o personagem de Fabrício Boliveira.

“Nós dois vivemos um inferno por causa dela, e agora o destino fez com que a gente se cruzasse. A gente tá do mesmo lado, Luzia. Você não quer ver a Laureta e a Karola na cadeia?”, indagará o milionário.

Com o dinheiro dele, Luzia salvará a vida de Galdino. Depois que levar uma surra dos capangas de Roberval, o braço direito da cafetina terá uma costela fraturada e o pulmão perfurado. Será tratado pior do que um cachorro por falhar em sua missão e ficará à espera da morte na fila de um posto de saúde.

Ele ainda se manterá leal a Laureta após ser operado em uma clínica particular paga por Luzia, mas acabará virando aliado da loira para se vingar da patroa porque sua mãe, sozinha e sem sua ajuda, terá morrido nesse período. Ele abrirá vários segredos da exploradora de prostitutas, como tráfico de drogas e
assassinatos, e confirmará o roubo do bebê da ex-marisqueira. Só que Galdino não sabe que a criança é Valentim, que foi criado por Karola como seu filho.

“Não é nem pelo dinheiro, mas topo, pela alma de minha mãe. Enquanto eu tava preso naquele quartinho na casa dessa ingrata da Laureta, minha mãezinha tavasozinha, sem ninguém pra cuidar dela. Minha mãe definhou até morrer por culpa de Laureta. É por minha mãe que quero me vingar. Pode contar comigo.” O ex-torturador virará o informante de Luzia. A primeira armação dos três vingadores será jogar Karola contra Laureta. Correio.