Greve da PM: Robinson reforça argumento de movimento nacional pela PEC 300 e sugere ‘dissimulação’ da Anaspra


A afirmação do presidente da Associação Nacional de Entidades Representativas de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Pedro Queiroz, de que a organização “nunca orquestrou nenhum movimento nacional” e considera a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300 – que pretende padronizar os salários dos policiais conforme o pagamento do Distrito Federal – “inconstitucional” não foi engolida pelo secretário estadual de Comunicação, Robinson Almeida. Em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102.5, o titular do governo detalhou qual seria o modus operandi das greves de PMs que já afetaram estados como Rondônia, Maranhão e Ceará, antes de chegar na Bahia, e ameaçam se expandir para o Rio de Janeiro. Segundo ele, há até uma bula sobre a forma de agir para se obter êxito. “Essa não é uma leitura apenas do governador [Jaques Wagner], mas de todo o segmento de inteligência do governo federal que acompanha esse movimento. Tem uma cartilha que foi feita, com manual de procedimentos. Alguns líderes, inclusive, falam que são doutores nesse tipo de movimento, em que a regra é: escolha uma data anterior a um período muito importante no estado, como foi o Réveillon no Ceará, o Carnaval na Bahia, e como vai ser o Carnaval do Rio de Janeiro; convoque uma mobilização acumulada de reuniões preparatórias com policiais, decrete a greve, espalhe o terror para amedrontar e atemorizar a população e busque a adesão dos outros policiais que não estão envolvidos, com o sentimento corporativo de solidariedade; aí você ganha as suas conquistas salariais e a gente sai depois pedindo anistia para podermos implementar isso em outro estado e fazer, como em um dominó, um processo em cadeia de pedras que vão caindo uma a uma”, descreveu. Embora a Anaspra tenha recusado liderar as ações do presidente da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares da Bahia (Aspra), Marco Prisco, que iniciou a paralisação no estado, Almeida desdenha do argumento. “Está muito claro o desenho. Isso tudo é coordenado por essa associação nacional, a Anaspra […]. Eu não posso confiar em uma associação que faz uma greve ilegal, porque a Justiça aqui declarou como ilegal e fechou a sede. Eu não posso confiar na palavra de quem, descumprindo a lei, orienta os seus associados a empunhar armas e ameaçar a população. Me parece muito mais dissimulação do que verdade esse tipo de expressão”, avaliou o secretário.

Policial militar é morto a tiros no Vale dos Lagos


Um Policial Militar foi morto na noite desta terça-feira (7) no bairro
de São Marcos, em Salvador. Segundo informações do posto policial do
Hospital Roberto Santos, o soldado estava em uma pizzaria quando o local
foi assaltado. Ainda de acordo a polícia, os assaltantes atiraram
contra o soldado quando perceberam que ele estava armado. A vítima era
lotado na 23ª Companhia da Policial Militar de Tancredo Neves. Segundo
informações da 23ª Companhia, ele entrou na corporação em março de 2005.
De acordo com um dos grevistas que segue na Assembleia Legislativa
(Alba) e que não quis se identificar, a vítima participava ativamente do
movimento e estava dentro da Alba até o início da noite. “Ele deixou a
Assembleia no início da noite para ir ver a família. Ele estava aqui
desde o primeiro dia de greve, participando ativamente do movimento”,
disse o grevista, lotado na 3ª Companhia Independente da PM. “Amanhã
[quarta-feira, 8] iremos fazer uma homenagem ao nosso colega”,
completou.
Não há confirmações oficiais de que o crime tenha envolvimento com a greve. Leia mais no RIUS

Igreja Universal explica porque a TV Record aceitou cervejaria como patrocinadora da série bíblica “Rei Davi”: “A minissérie não é cristã e a Record não é religiosa”


Em nota publicada no site oficial da Igreja Universal do Reino de Deus, liderada pelo Bispo Edir Macedo, a denominação respondeu aos questionamentos feitos por leitores sobre apropaganda da marca de cerveja que patrocina a minissérie “Rei Davi”. Assinada pelo bispo Renato Cardoso, que também publicou o texto em seu blog pessoal, o site reproduziu a pergunta de um leitor que não concorda com esse tipo de publicidade: “Bispo, não concordo com esse tipo de propaganda (cerveja) antes de iniciar o vídeo cristão. Não acho correto e nem prudente”, afirmou o leitor Caio.
Na argumentação, foi retransmitido outro comentário de uma leitora que havia respondido ao leitor contrariado: “Em resposta, faço minhas as palavras de nossa leitora e amiga, que respondeu ao Caio, e de tabela ao nosso amigo sem nome também: ‘Sobre o seu comentário, você precisa saber que a concessão dada à Record é comercial, ou seja, ela não é uma emissora religiosa, assim como a minissérie não é cristã. Por isso, para toda a programação é necessário ter patrocinadores. Você deve ter ouvido falar que cada episódio custou cerca de R$ 1 milhão e alguém tem que pagar essa conta. Pense: em vez de colocar milhões no Carnaval, os patrocinadores estão tendo que se curvar e colocar dinheiro em algo edificante como a minissérie Rei Davi. Antes, os grandes patrocinadores riam da Record, dizendo que jamais colocariam dinheiro nela. Já hoje… Não é o Golias caindo? – (Patrícia Lages)’”.
Completando os comentários feitos pela leitora, o bispo Renato Cardoso explicou que os vídeos que ele disponibiliza em seu blog, com os episódios da minissérie, são enviados pela emissora: “Sem muito mais a acrescentar, digo apenas que os vídeos dos capítulos de Rei Davi postados nesse blog são de propriedade da Rede Record e providenciados pelo site da empresa. Se eu tivesse escolha, talvez não apareceria o comercial da cerveja ali. Mas postei mesmo assim porque nosso interesse não é nos primeiros 30 segundos do vídeo, mas nos 50 minutos depois”.
O Bispo Renato Cardoso é um dos braços-direito de Edir Macedo e é esposo da filha do bispo, ele também participa da extensa campanha que a Igreja Universal vem fazendo para que os fiéis acompanhem a exibição da minissérie na Record.

“A solução agora seria engavetá-lo”, diz Marco Feliciano sobre “Lei da Palmada”


O Partido Social Cristão (PSC) realizou nesta terça-feira (07) um debate para discutir o Projeto de Lei 7672/2010. Aprovado na…
O Partido Social Cristão (PSC) realizou nesta terça-feira (07) um debate para discutir o Projeto de Lei 7672/2010. Aprovado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados a chamada Lei da Palmada, que proíbe castigos físicos a crianças no ambiente familiar, deve voltar à discussão no Plenário da Câmara.
O Pastor Marco Feliciano participou do debate que ajudou a esclarecer principais pontos que dividem a opinião dos parlamentares. “O projeto é desnecessário, iniquo e sem fundamento. A solução agora seria engavetá-lo”, comentou o pastor ao correspondente especial Michael Caceres.
A proposta da Lei da Palmada sofre resistência. Alguns deputados argumentam que a proibição constitui um desrespeito ao direito dos pais. Feliciano é um dos principais oponentes ao projeto. Apesar de ter participado do acordo para a aprovação na Comissão Especial, Marco acredita que mesmo que passe pela Câmara deverá ser barrado no Senado.
“Ninguém mais entende o objetivo do projeto, ele foi demonizado pela mídia e perdeu o foco. A proteção à criança já é garantida pelo Estatuto da Criança e Adolescia. Temos código penal para punir agressões físicas e os pais que desrespeitarem as leis de proteção à criança e ao adolescente serão punidos”, comentou Marco.
Feliciano atuou em 119 proposições em 9 meses como parlamentar. Membro da Frente Parlamentar Evangélica lutou contra o “kit gay”, contra o PLC 122 (que criminaliza a opinião contra a prática homossexual) e tem se empenhado em defender o direito da família cristã brasileira.
“A bancada evangélica em nenhum momento teve intuito de vetar o projeto, até agradeci a relatora por ter modificado o texto, mas a verdade é que após reavaliarmos os textos concluímos que o PL não tem um objetivo claro”, finalizou o deputado.
Acordo – O texto foi aprovado após mudanças no texto da relatora, que foram feitas após reunião da deputada com líderes da bancada evangélica na Casa –desfavoráveis ao uso do termo “castigo”, argumentando que o projeto levaria a ingerência demasiada no âmbito das famílias.
Havia divergências sobre a substituição da expressão “castigos corporais”, prevista da proposta original, por “agressão física”, como queriam os evangélicos. A bancada evangélica entendeu que a expressão “castigo corporal” interferia na educação dos filhos.
Os pais que desrespeitarem a norma não devem ir para a cadeia. O texto prevê advertências, tratamento psicológico e a adesão a programas de proteção à família. A denúncia pode ser feita ao Conselho Tutelar, delegado de polícia, Ministério Público ou juiz.

Nova ministra diz que o aborto é uma questão de “saúde pública”


O novo nome da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora
Menicucci de Oliveira, que irá substituir a ministra Iriny Lopes,
defendeu nesta terça-feira (7), que o aborto seja tratado como questão
de saúde pública, mas destacou que a descriminalização é uma decisão do
Legislativo. Para Eleonora, a partir do momento em que passa a integrar o
Executivo, não interessa mais sua posição pessoal. Eleonora tem
formação feminista e chegou a ser presa junto com a presidente Dilma
Rousseff no período da ditudura. Em entrevistas passadas, defendeu a
descriminalização da prática e afirmou já ter realizado um aborto. “O
aborto não é uma questão de ideologia, mas uma questão de saúde pública,
como o crack, a droga, a dengue, a Aids, como as doenças
infectocontagiosas”, disse. A nova ministra também afirmou que, em sua
gestão, a prioridade zero será o combate à violência doméstica e de
gênero.
OPINIÃO DO BLOGUEIRO
Essa mulher é uma louca, a vida começa na concepção, sendo assim matar um feto em desenvolvimento é como atirar na cabeça de um adulto, a única diferença  entre um adulto e um feto, é o tempo e a nutrição. Clique aqui e confira fotos de um aborto

DATENA PRECISA PERDER 15 QUILOS


José Luiz Datena, depois da recente operação na garganta, está levando a
vida um pouco diferente. Segundo o colunista Flávio Ricco, do Portal
UOL, o apresentador do “Brasil Urgente” toma uma carga de 18 remédios
por dia e foi “intimado” pelos médicos a perder 15 quilos a partir de
agora. Força, Datena!

Itaú tem o maior lucro da história dos bancos no Brasil


O Itaú Unibanco teve em 2011 o maior lucro já alcançado por um banco na
história do Brasil, com o resultado de R$ 14,6 bilhões anunciado nesta
terça-feira (7), uma alta de 9,7% em relação ao desempenho de 2010
quando lucrou R$ 13,3 bilhões. O recorde anterior foi obtido pelo
próprio Itaú no ano passado, segundo levantamento da consultoria
Economática. O Bradesco lucrou R$ 11 bilhões em 2011 e a operação
brasileira do Santander, R$ 3,5 bilhões. O Banco do Brasil deve anunciar
o resultado financeiro do ano passado no dia 14 de fevereiro. Apesar do
desempenho recorde, o ganho financeiro apresentou certa desaceleração
no quarto trimestre do ano passado, com o lucro de R$ 3,6 bilhões, queda
de 5,4% em relação ao resultado obtido um ano antes. O freio no fim do
ano foi causado pelo aumento de despesas com empréstimos de difícil
recuperação e inadimplência maior.

Agência dos Correios de Sapeaçu é assaltada


Dois homens armados em uma motocicleta assaltaram a agência dos
Correios, localizado na Rua da Prefeitura, na cidade de Sapeaçu, na
tarde desta terça-feira (07), de acordo com informações do site Voz da
Bahia. Segundo o delegado da polícia civil do município, Fábricío
Alencar, os marginais entraram na agência, tiraram o capacete e
anunciaram o assalto. Uma quantia de R$ 500 e diversos celulares de
pessoas que estavam na fila foram levados de uma cliente. Segundo a
polícia, a imagens do sistema de câmeras da loja serão analisadas.

Crise: mulher de Michel Teló volta para a casa dos pais


Michel Teló anda meio afastado da mulher, Ana Carolina, pois está trabalhando muito e sem tempo para se dedicar ao casamento.
A moça cansou de acompanhá-lo nas turnês de shows e decidiu voltar para a casa dos pais em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul.
Depois disso, o relacionamento, que já dura três anos, deu uma esfriada.
O cantor deixou claro que está disposto a continuar investindo em sua carreira, que é um sucesso, e que quer aproveitar essa fase.
Mas ele nega que esteja passando por uma crise no casamento.

PMs amotinados temem que AL-BA seja invadida; Atiradores de elite se posicionam em teto próximo


O clima neste momento nas dependências da Assembleia Legislativa
da Bahia (AL-BA) é de pânico entre os policiais militares que
permanecem amotinados no prédio há oito dias. O Bahia Notícias apurou
que o presidente da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus
Familiares da Bahia (Aspra), Marco Prisco, já solicitou aos companheiros
grevistas que verifiquem “movimentações estranhas” da Polícia do
Exército, que aumentou o efetivo no cerco ao local.
Grevistas acampados declararam ao BN que cresce o boato de que
os militares iriam invadir as dependências da AL-BA na noite desta
terça-feira (7). As especulações tomaram ainda mais corpo após o
secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, estimar a concordância das
demais associações da PM e fim da greve para “até amanhã [quarta]”,
pois haveria uma resistência da Aspra em acatar o acordo. Outro fato
curioso foi o flagrante feito pela reportagem do BN, em que a
aproximadamente 100 metros dali, no teto da sede do Tribunal de Justiça,
atiradores de elite e observadores estão posicionados. O Exército,
porém, diz que o procedimento é “padrão”.