Jovem encara desafio de ficar 24 horas sem acessar a internet


Uma discussão mexe com toda a família: será que tirar a internet da vida
do filho é um bom castigo? Nos Estados Unidos, um pai tomou uma atitude
radical e condenável.

O que teria levado um pai a dar tiros no computador da filha? E
você achando que o seu pai tomava medidas drásticas. Essa história
aconteceu nos Estados Unidos e é o extremo a que chegou o castigo da
moda: o castigo offline (deixar o seu filho sem computador).

Parece que o mundo todo cabe dentro da janela de um computador.
“Eu acordo, ligo o computador, escuto música, aí falo com meus amigos,
aí vou para a escola. Quando eu volto da escola, ligo o computador de
novo, vejo o que está acontecendo, falo com meus amigos, escuto mais um
pouco mais de música”, contou Letícia Alves, de 14 anos.

Resumindo: a Letícia passa o dia inteiro sentada, vidrada. Até o
dia em que ela ficou de castigo. “Eu conversava com pessoas de outros
estados, eu falava com pessoas mais velhas. Meus pais não sabiam quem
eram, aí eles me proibiram”, explicou.

Foram duas semanas sem internet. É difícil entender o tamanho do
castigo que é ficar sem computador. Por isso, o Fantástico tentou
reproduzir, mais ou menos, o que isso significa.

Cada uma das janelinhas no computador da Letícia é uma pessoa
conversando com ela. O Fantástico tirou os amigos do mundo virtual e os
trouxe para falar com a Letícia – cara a cara, e ao mesmo tempo sempre
rola uma musiquinha. “É como se fosse uma festa”, diz a jovem.

Agora imagina se alguém acende a luz e manda todo mundo ir
embora? Isso é o que sente quem leva um castigo offline. A Letícia não
fez nada dessa vez, mas vai levar um castigo do Fantástico: um dia
inteiro sem computador. “Vai ser difícil, vou tentar”, disse a menina.

A jovem vai contar como é a sensação por um vídeo diário. “Oi,
meu nome é Letícia, tenho 14 anos. Vou ficar 24 horas sem computador”,
falou.

Elaynne Gomes, de 17 anos, já passou muito mais do que 24 horas
no castigo. “Quando não arrumo quarto, ou quando eu não arrumo meu
guarda-roupa, já é motivo pra eu ficar uma semana sem computador e é
horrível. Aos 9 anos, eu ganhei um computador. Com 10, passei a usar a
internet, aquilo ali já faz parte de mim, não tem como tirar do nada”,
revela.

Mesmo de castigo, ela não se controlava e dava um jeito de se
conectar escondida. Até que a mãe teve uma ideia infalível. “Deu aquele
estalo assim: vai lá e tira o cabo da internet”, conta Valdéia Gomes,
mãe de Elaynne. “Passei a levar para rua, colocar na bolsa e levar,
porque eu quero o melhor para ela”.

“Acho que isso foi bom, já que não tinha internet nem nada para
fazer, ou eu recorria à TV ou, então, estudava mesmo”, lembra Elaynne.

Será que a Letícia encontrou alguma coisa para fazer? “Acabei de
sair da piscina, já dormi um pouquinho, mas nada substitui a internet.
Estou esperando o pessoal da produção chegar e acabar com esse
tormento”, registrou a menina.

Daqui a pouco o castigo de Letícia acaba. Mas não podemos dizer o
mesmo sobre a dona do computador que recebeu tiros. A americana Hannah
tem 15 anos. Ela é filha do Tommy Jordan. Ele ficou furioso quando
descobriu que a filha tinha postado na internet uma carta reclamando de
ter que ajudar nas tarefas domésticas. Como resposta ao desaforo, ele
resolveu fazer um vídeo que já foi visto mais de 30 milhões de vezes.

No vídeo, Tommy contesta tudo que Hannah escreveu e diz que essa
não foi a primeira derrapada da filha e lembra: “eu avisei”. Se
acontecesse de novo, a coisa ia ficar bem mais feia e ficou. Ele deu
nove tiros e mandou um último recado: “você pode ter um novo computador
quando puder comprar um”, diz Tommy no vídeo.

“Acho que a reação dele, claro que foi muito equivocada, porque
ele tentou punir usando um meio violento. Mas é claro que, se ela entrar
nessa retaliação, nessa lei de olho por olho, ela pode dizer: ‘agora eu
vou também vou estragar uma coisa que ele gosta’. E aí o ciclo da
violência está iniciado e não tem fim”, afirmou a psicóloga Cynthia
Ladvocat.

Dias depois, respondendo à enorme repercussão, Tommy Jordan
gravou um segundo vídeo. “Não estou orgulhoso, mas não me arrependo do
que eu fiz”, diz.

Para Letícia foi menos dramático: fim das 24 horas offline. A
pressa é grande para conferir o que rolou na internet nesse tempo todo.

Fantástico: Do que você mais sentiu falta?
Letícia Alves: Da música, de conversar com alguém.

“A gente tenta regular a Letícia com moeda de troca. Lê um
livro, usa a internet. Faz um exercício, vai para a academia, usa
internet”, destacou Cynthia Pires, mãe de Letícia.

“A internet é hoje em dia uma coisa necessária. As escolas têm
internet, as salas de aula estão recebendo computador. A conversa e o
olho no olho é muito bom. Isso que as famílias precisam tomar atenção e
ficar de bem com a internet. O problema não é a internet”, completou a
psicóloga.

Quem diria que depois de atirar no computador da filha, Tommy e
Hannah ficariam bem? Foi isso que o americano contou ao Fantástico por
telefone. “Toda essa repercussão nos aproximou bastante”, disse ele. G1.

Lula está com pneumonia, diz médico


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com pneumonia, de acordo
com o infectologista David Uip, integrante da equipe médica que faz o
tratamento de Lula no Hospital Sírio-Libanês. O ex-presidente foi
internado por volta das 12h deste domingo (4) no hospital, em São Paulo.

“É uma pneumonia e estamos atrás do que causou, pode ter sido uma
bactéria”, disse o médico. Ele disse que a doença está no estágio
inicial e que também foi diagnosticada uma pequena alteração no pulmão
do ex-presidente. “Fizemos uma série de exames e na tomografia surgiu
essa alteração”, afirmou Uip.

A situação é habitual e o quadro de saúde de Lula não é preocupante,
disse o médico. Ele ressaltou, no entanto, que o tratamento contra o
câncer de laringe a que o ex-presidente foi submetido entre outubro de
2011 e fevereiro deste ano pode deixar sua saúde frágil. “Num paciente
da idade do Lula, que acabou de passar por um tratamento [de câncer]
agressivo, qualquer coisa é grave, uma gripe pode ser grave”, disse.

O infectologista disse também que exames foram realizados neste domingo
para saber se a área do tumor na laringe de Lula havia sido afetada de
alguma forma. “Não houve alteração”, ponderou.

Outro médico da equipe de Lula, Paulo Hoff, disse ao G1 que
a previsão é que o ex-presidente fique internado pelo menos até o
próximo final de semana. “Ele está na fase de recuperação [do câncer]. É
normal perder peso e a imunidade é afetada.”

Greve das Polícias Militares


Por problema pessoal não me manifestei antes sobre as greves deflagradas pelas policiais militares da Bahia e do Rio de Janeiro por melhores remunerações.
Houve um massacre da grande mídia contra os militares grevistas, especialmente das televisões, apoiada nos excessos de alguns mais afoitos, corriqueiros e quase sempre inevitáveis em todas as manifestações populares. Fundamentaram-se na proibição constitucional ao direito dos militares fazerem greve. Neste particular, a imprensa brasileira nunca cita o dispositivo constitucional para sustentar as teses defendidas. Mencionar sempre o dispositivo facilita para quem quiser confirmar a citação. Ninguém se lembrou de que a mesma Constituição que veda greve aos militares prevê um salário mínimo suficiente a cobrir todas as necessidades básicas de todos que trabalhem. Todo mundo sabe que se trata de uma norma morta, mas nenhum governador ou prefeito foi preso por descumpri-la. A Rede Globo exagerou tanto numa cobertura parcial que sua equipe chegou a ser expulsa de uma manifestação no Rio de Janeiro.
Nessa discussão não houve proporcionalidade entre os malefícios de uma greve com o mal maior que é o baixo soldo pago aos militares. Também ficou fora o limite suportável pelo ser humano no achatamento dos seus soldos. Traspassado esse limite, o desespero não leva em conta nenhuma regra. Para a família que passa fome a única regra justa é comida.
Durante os movimentos, os grevistas foram tachados como se todos fossem verdadeiros baderneiros, nenhuma avaliação considerou justas as reivindicações, sem consideração ao passado de trabalho árduo, correndo risco de vida diário, inerente à função, mas muito mais por falta de equipamento adequado.
Não houve ponderação, e se houve, foram tímidas, quanto à penúria das famílias dos militares. Ninguém considerou as necessidades vivas das famílias acima de uma norma fria de uma Constituição.
Os excessos cometidos devem ser combatidos. Não pode, entretanto, os estados pagarem uma miséria, respaldados apenas na ameaça e na truculência utilizadas quando os militares espernearem. Este procedimento saiu-se vitorioso nas recentes greves na Bahia e no Rio de Janeiro, mas não garante que servirá para debelar uma greve em todos os estados que pagam soldos miseráveis aos seus policiais.
Como sempre, passados os movimentos, os ínfimos valores pagos não são mais lembrados pela mídia, do que se aproveitam os governadores para manterem o pagamento de verdadeiras esmolas. Não tratam a questão com seriedade antes confiados na solução de ameaçar e prender grevistas. Não deveriam esquecer que não há porteira que segure uma boiada descontrolada. E a mídia precisa tratar ambas as partes com maior equidade. Só malhar a parte mais fraca é fugir da papel primordial de informar com imparcialidade e devida proporcionalidade. Deu certo, por enquanto.
Postagem enviada por Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
Bacharel em Direito

Lula prepara volta à ativa, com foco em eleição e agenda externa


Quando voltar ao batente
no dia 15, depois de mais de um mês de repouso por conta da
radioterapia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dividirá o tempo
entre campanhas eleitorais e viagens ao exterior, onde pretende
agilizar os projetos do Instituto Lula voltados para a África e América
do Sul. Enquanto Lula se recuperava da radioterapia que combateu o
câncer na laringe, assessores aproveitaram para dar o formato final aos
ambiciosos projetos do ex-presidente no exterior. Segundo colaboradores
próximos, Lula contará com apoios de peso tanto nos países vizinhos
quanto na África. Representantes do instituto têm participado de
reuniões em foros oficiais e dialogado com ex-governantes e chefes de
Estado para viabilizar os projetos. A atuação do ex-presidente deve ir
muito além da simples caridade. A ideia é exportar modelos de
desenvolvimento aplicados no Brasil durante seus oito anos de governo.
“Não se trata de simplesmente ajudar. Ele quer implantar modelos
duradouros de desenvolvimento”, disse um assessor. Os projetos estão
prontos e aguardam apenas a palavra final de Lula para entrarem em
funcionamento. (Último Segundo)

Sérgio Reis é internado em MG após acidente em show


O cantor Sérgio Reis foi
internado na manhã deste domingo, 4, no hospital Mater Dei, em Belo
Horizonte (MG), após ter sofrido uma queda do palco em um festival de
música realizado no município mineiro de Três Marias. A assessoria de
imprensa do hospital deve realizar coletiva de imprensa daqui a pouco
para comunicar oficialmente o estado de saúde do artista, que caiu do
palco enquanto cantava a música “Panela Velha”.
Antes de dar entrada
no Mater Dei, o cantor foi avaliado no Hospital São Francisco,
localizado em Três Lagoas. Ele passou por exames de radiografia e não
foi constatada nenhuma fratura. Ele foi atendido no próprio
pronto-socorro do local e teria sido liberado ainda durante a madrugada,
segundo funcionário do hospital. 
Fonte: A Tarde

Nova lei trabalhista prevê contratação eventual e por hora


O governo Dilma Rousseff vai propor ao Congresso mudanças nas leis
trabalhistas para criar duas novas formas de contratação: a eventual e
por hora trabalhada. A proposta vai beneficiar o setor de serviços, que é
o que mais emprega no País, estimulando a formalização de trabalhadores
que hoje não têm carteira assinada. A alteração faz parte do Plano
Brasil Maior, como é chamada a nova política industrial.
Leia também: Lula rejeita flexibilizar regra trabalhista para evitar cortes
“Estamos formatando a proposta”, disse o ministro do Trabalho, Paulo
Roberto dos Santos Pinto. “Vamos concluir o mais rapidamente possível.”
As mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) podem dar mais
dinamismo ao mercado e, na prática, permitir carteira assinada para
quem trabalha dois dias por semana ou três horas por dia, por exemplo,
com direito a pagamento de férias, 13.º salário e FGTS.
Para reduzir as eventuais críticas, o governo pretende vender as
mudanças na CLT como uma “modernização” do marco regulatório do mercado
de trabalho. Também será repetido que as mudanças não representarão
perdas de direitos trabalhistas.
Leia ainda: Planalto estuda negociar redução da jornada de trabalho junto com redução de encargos trabalhistas
Em janeiro, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Exterior, Fernando Pimentel, defendeu a ideia em Nova York. “Podemos
avançar nesse campo sem comprometer um único direito trabalhista já
conquistado. As propostas feitas pela classe empresarial às quais eu
tive acesso preservam os direitos que os trabalhadores brasileiros têm”,
afirmou o ministro, petista histórico e próximo de Dilma há quatro
décadas.
Modalidades
As mudanças permitirão que as empresas contratem um empregado que só
vai receber quando for chamado para alguma atividade. Esse mecanismo
deve beneficiar, por exemplo, as empresas que realizam shows,
curta-metragens, ou mesmo serviço de buffet.
No caso do “horista”, o contrato deve ajudar na complementação de
pessoal em bares, restaurantes e eventos sazonais, como Natal e
feriados. Com isso, o governo acredita que o trabalhador poderá usar o
horário livre para investir em qualificação.

Incêndio causa explosões em depósito de armas do Congo


Explosões atingiram na manhã deste domingo Brazzaville, a capital da
República do Congo, depois de um depósito de armas pegar fogo, disseram
autoridades, deixaram ao menos 206 mortos e 237 feridos e forçando mais 2
mil a fugir de suas casas.
Outra explosão atingiu a área no início da tarde, desatando o pânico
entre as pessoas reunidas no local. As explosões estremeceram casas em
Brazzaville e ecoaram através do Rio Congo até Kinshasa, capital da
vizinha República Democrática do Congo.
Didier Boutsindi, do escritório presidencial, disse que as explosões
deixaram um número indeterminado de mortos, incluindo fiéis que estavam
em uma igreja e ficaram presos sob os destroços do prédio. “Muitos estão
presos nos destroços da igreja”, disse. “Muitos dos mortos foram
retirados, e afirmo que há mais vítimas dentro.”
De acordo com testemunhas, muitos dos feridos são centenas de
operários chineses. Muitos edifícios na área desmoronaram. “É como se um
tsunami tivesse passado por aqui”, disse a estudante Christine Ibata.
O ministro da Defesa Charles Zacharie Boawo apareceu em televisão
nacional no domingo para pedir calma em Brazzaville e em Kinshasa. “As
explosões que vocês ouviram não significam que há uma guerra ou um golpe
de Estado”, afirmou. “Também não há um motim. É um incidente causado
por um incêndio no depósito de munições. Nesse exato momento nossos
especialistas tentam extinguir o fogo para que essa situação não se
repita.”
Testemunhas disseram que as explosões aconteceram no norte da cidade e
que seu impacto abriu portas de casas no centro da cidade. As explosões
também estimularam alguns residentes da região norte a fugir para o
sul. As redes de telefonia rapidamente ficaram sobrecarregadas por
chamadas.
Com AP

DICAS PARA EMAGRECER


Se
você está cansada de dietas e regimes rigorosos, que prometem emagrecer
muitos quilos, mas que te fazem comer pouco e limitam a sua vida, tenho
algumas dicas que fazem entrar em forma rapidinho.

Dicas para emagrecer

 

1)      Tome muita água, pois a água, além de hidratar, dá uma sensação de saciedade incrível.

 

2)      Se der vontade de comer doces, coma uma fruta doce. Evite manga, abacate e uva, pois são muito calóricas.

  3)      Coma muita melancia. Ela tem muito líquido, sacia a fome, e hidrata o corpo.
 

4)     
Deixe de comer, ou diminua bastante, o consumo de arroz e pão branco.
Se for comer feijão, misture com alguma salada, e deixe o arroz de lado
por um tempo.

 

5)      O café da manhã deve ser a sua principal refeição. Coma mamão, pão integral, leite e iogurte desnatado.

 6)     
No almoço, faça um prato de salada bem colorido. Misture alface,
cenoura, chuchu cozido, rúcula, repolho, tomate, e jogue por cima fibra
de trigo ou linhaça. Não use temperos calóricos. No máximo, uma colher
de mostarda amarela.  

7)     
No jantar, coma uma sopa leve. Se não quiser ir para a cozinha, sugiro
tomar uma daquelas sopas de pacote, em porção individual, e com menos de
110 calorias. É só colocar numa xícara, misturar água, e colocar no
microondas.

  8)      Evite o consumo de carboidratos, e coma muita verdura e legumes.  

9)      Coma carnes, somente 3 vezes por semana, junto com a salada do almoço.

10)  Entre as refeições, coma sempre uma fruta, ou uma barrinha de cereal.

Siga essas dicas e você terá o corpo perfeito.

16 ANOS SEM A BANDA MAMONAS ASSASSINAS


Poucos
fenômenos da música brasileira recente foram tão populares quanto os
Mamonas Assassinas. O grupo de Guarulhos, São Paulo, juntou humor
escrachado e melodias fáceis, conseguindo vender mais de três milhões de
cópias de seu único álbum de estúdio, lançado em 1995.
A rápida ascensão do grupo, formado por
Dinho, Bento Hinoto, Júlio Rasec, Samuel e Sérgio Reoli, foi
tragicamente interrompida por um acidente de avião em 1996. Nenhum dos
membros do Mamonas sobreviveu. O país ficou de luto. O enterro foi
transmitido na televisão, com canais interrompendo sua programação
normal.
Dezesseis anos depois, muita gente ainda
lembra do refrão de músicas como Robocop Gay, Pelados em Santos,
Vira-Vira e Sábado de Sol.
Porém, no auge de suas carreiras, os integrantes da banda foram vítimas de um acidente aéreo fatal.Agora só nos resta as lembranças
Pelados em Santos foi a canção de maior sucesso da banda paulista Mamonas Assassinas, lançada em 1995.

 

Volkswagen Brasília é um dos principais
destaques no clipe. Sua letra romântica é um convite para um programa
amoroso na cidade de Santos, São Paulo, numa Volkswagen Brasília, de cor
amarela, equipada com rodas da marca Gaúcha, que foram sucesso de
vendas no fim dos anos 80. A canção também ganhou uma versão em
espanhol, intitulada “Desnudos en Cancún”, que foi lançada na coletânea
Atenção, Creuzebek: A Baixaria Continua, em 1998.
“Pelados em Santos” também foi regravada pelos também paulistas Titãs, em seu álbum As Dez Mais, lançado em 1999.
Pelados em Santos

Prefeito de Ipiaú se emociona e sofre infarto


O
prefeito de Ipiaú, Deraldino Araújo (PMDB), deu um susto nos aliados
políticos e familiares ao sofrer um infarto na última sexta-feira (2). O
gestor passa bem, mas logo após inaugurar uma creche no município da
região Centro Sul do estado passou mal e foi parar no hospital.

O peemedebista está sob forte pressão desde que teve as contas rejeitadas e deve atravessar um processo eleitoral difícil.

Lúcio
Vieira Lima, que confirmou o infarto, mas garantiu que o estado de
saúde de Deraldino é estável e que ele não corre riscos.