Obra de reestruturação da Ponte de Catingal foi realizado na última segunda-feira


A prefeitura Distrital de Catingal por meio da secretaria de obras do município, realizou na última segunda-feira (13), a obra de reestruturação da passagem molhada que liga Catingal ao Poço da Pedra. A obra contou com a supervisão do Chefe da prefeitura Distrital de Catingal José Barros e do presidente da Copdec Ananias Macedo.

Com o rio ainda correndo bastante água por cima da ponte, Ananias usou sacos de areia para mudar o curso da água para o lado da ponte que não estava danificado e com o motor fez a drenagem da água que estava dentro da cratera, assim, foi possível realizar a obra com tranquilidade.

Trabalhadores liderados por Vagner Rocha, trabalharam durante todo o dia, para que o trabalho fosse concluído com urgência, liberando passagem de imediato para os veículos que transitam para aquela região.

De acordo com Ananias, o prefeito Silvany Barros já havia dado ordem de serviço para que o trabalho fosse realizado, mas a água que demorou a baixar impossibilitou a realização do serviço antes.

Jovem que retornava da festa do Umbu sofre acidente e morre na BR 116, dois amigos ficaram feridos


Vinícios Cruz Cerqueira, 21 anos, morreu após se envolver em um grave acidente na Rodovia Santos Dumont. O acidente aconteceu na manhã deste sábado, no trecho entre Jequié e Manoel Vitorino, o carro em que Vinícios estava colidiu com um caminhão e ele morreu na hora. Outras duas pessoas ficaram feridas e foram socorridas. Os 3 amigos retornavam da festa do Umbu na cidade de Manoel Vitorino. Vinícios trabalhava como maqueiro no HGPV. Jr. Mascote.

Pesquisa indica 10 anos de chuva no Nordeste


Os próximos dez anos (2020-2030) apontam para um resfriamento dos oceanos, o que significa o fim do ciclo da estiagem prolongada com a chegada de chuvas regulares no Nordeste brasileiro. A tendência é que a temperatura da Terra diminua, com um ligeiro resfriamento de aproximadamente 0,3 graus centígrados, uma vez que o sol está em baixa atividade eletromagnética.

Desde dezembro de 2008, o sol entrou nesse período de baixa atividade e passará assim, produzindo um pouco menos de energia, até 2030. Esse fenômeno, chamado “mínimo solar”, ocorre a cada 100 anos e, para a Ciência, ainda é um mistério explicar o porquê de o astro ter esse comportamento por século.

A novidade foi anunciada pelo PhD em Meteorologia e professor da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Luiz Carlos Molion, que esteve em Pernambuco, no município de Petrolina, no Sertão, recentemente para divulgar seu estudo.

O pesquisador Molion explica que o clima do planeta é controlado pela temperatura dos oceanos, responsáveis por cobrir 71% da superfície da Terra. O Pacífico, particularmente, que ocupa 35% da superfície da Terra, já dá sinais de que está esfriando. “E, se o sol é a fonte principal de calor e seu campo magnético está em baixa atividade, a tendência é o esfriamento dos oceanos. Quando esse campo (magnético) enfraquece, temos mais formação de nuvens. Ou seja, mais chuvas e também menos radiações porque os raios solares batem no topo das nuvens e retornam ao espaço”, detalha o estudioso.

Essa inversão da polaridade solar, acredita Molion, deverá ser finalmente explicada pela Ciência nos próximos anos porque a Nasa lançou, em 2008, um satélite na órbita solar.

Que é um mistério ainda entender o porquê de, a cada 100 anos, o astro entrar nessa atividade menos intensa, não restam dúvidas. Mas, quem deve sofrer com esse fenômeno é o agricultor na região sul do País.

No período de 1946 a 1975, o clima frio afetou bastante os estados da região sul, principalmente o Paraná, onde ocorreu um problema sério com o café, e a última grande geada nesse período frio foi a de julho de 1975, que praticamente acabou com o café do oeste do Paraná. No entanto, ressalta o professor, não é a chegada de uma nova era glacial. É um resfriamento semelhante ao que ocorreu entre 1946 e 1975, quando a temperatura média da terra baixou aproximadamente 0,3 graus centígrados.

“É certo que os invernos passarão a ser mais frios e a temperatura vai persistir baixa durante meses em lugares que estão fora da região tropical, porque, normalmente, essas regiões não recebem tanta carga de radiação solar”, explica, dando como exemplo os Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Argentina, Uruguai, Austrália, Nova Zelândia e o sul do Brasil.

“Esse esfriamento do sol já está dando sinais. No início de outubro mesmo, que deveria ser verão, as serras catarinenses registraram geadas”, complementa Luiz Carlos Molion. A reportagem tentou contato com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), mas não obteve êxito.

Fonte: Folhape

Prefeito Silvany Barros participou de entrevista com o jornalista Euclides Fernandes na 93 FM


O prefeito Silvany Barros participou hoje (04), do quadro “Assunto em Debate” do programa Semana em Revista, apresentado pelo jornalista e deputado Euclides Fernandes na Rádio 93 FM de Jequié.

No início da entrevista o jornalista Joca falou um pouco da história de sucesso do prefeito que, nasceu em Catingal, estudou em Manoel Vitorino e mais tarde foi para São Paulo, onde se formou e se tornou um empresário de sucesso.

O jornalista e deputado Euclides Fernandes conduziu com maestria e muita imparcialidade a entrevista. O prefeito de Manoel Vitorino falou sobre a tradicional Festa do Umbu que acontece nos próximos dias 10 e 11 de janeiro, quando indagado sobre a despesa gerada pela prefeitura em um momento de crise, o prefeito respondeu sobre os parceiros que estão ajudando a realizar a festa “O pouco que a prefeitura está investindo, está dentro da capacidade que temos de arcar e o retorno será de forma muito maior para o comércio local que nestes dois dias festivo poderá fazer grandes negócios”, pontuou.

O jornalista e deputado Euclides Fernandes finalizou a entrevista que durou 45 minutos, tecendo elogios ao prefeito de Manoel Vitorino dizendo que, o prefeito estava com todo gás na administração.

Confira entrevista na íntegra!👇

Por maioria, vereadores aprovam projeto de lei nº 564, prefeito faz pronunciamento na Rádio 95 FM


Segunda votação do projeto de lei nº 564 de 11 de dezembro de 2019 aconteceu hoje, votação tranquila e projeto aprovado pela maioria, agora segue os tramite legais que é, um engenheiro criar o projeto de cada obra de infraestrutura que será realizado no município, até chegar o montante do valor aprovado, ou não, não é necessariamente chegar ao valor de dois milhões, de repente as obras de infraestrutura cogitadas pela administração cheguem a um valor até menos. Após o projeto pronto e calculado o valor de cada obra, o mesmo será encaminhado a DESENBAHIA, para que seja aprovado dentro do prazo.

Hoje, no último dia do ano o prefeito Silvany Barros esteve na Rádio 95 FM, com o locutor Elton Bispo, para fazer um balanço de seu primeiro ano de administração, na oportunidade o prefeito disse que, ele não vai endividar o município, “o município se encontrava endividado e nós pagamos e a prova está aí, estamos aptos a tomar um empréstimo para alavancar obras de infraestrutura em nosso município”, disse Silvany.

Em contato com o Portal Catingal, o setor jurídico da prefeitura disse que, já tem em mãos print de blogueiro dizendo que postou matérias pagas para atacar a administração e que já está tomando as devidas providências, “Fake News é crime e temos que combater, jornalismo é algo sério e deve ser feito com responsabilidade, ouvindo os dois lados e divulgando a verdade com imparcialidade”, disse.

Bairros de Manoel Vitorino é contemplado com presentes para a criançada


Na última segunda-feira foi a vez de Bairros de Manoel Vitorino receber a presença da primeira Dama do município munida de presentes para a criançada, um Natal Feliz para as crianças de nosso município, este é o terceiro ano que, com o apoio da Secretaria de Assistência Social, a prefeitura municipal de Manoel Vitorino distribui presentes para as crianças de várias localidades de nosso Distrito.

Projeto de lei nº 564 será votado amanhã, será que tem vereador que vai amanhecer doente para não comparecer?


Foto: Arquivo Levy Barros

Amanhã (30), no penúltimo dia do ano de 2019, a Câmara de Manoel Vitorino se reúne para a votação do projeto de lei Nº 564 de 11 de dezembro, que trata do pedido do prefeito Silvany Barros à Câmara de vereadores, a aprovação da contratação de crédito ao DESENBAHIA.

Estamos acostumando a ver em Manoel Vitorino, principalmente quando se trata de votação importante na Câmara, a briga revanchista de situação x oposição, mas o que a população espera é que esses nove vereadores sejam no mínimo homens e que cumpra o seu papel de parlamentar escolhido pelo voto popular para representar um povo, que compareça na sessão e que faça valer a vontade da maioria, que o projeto seja votado, sem armação, sem ausência de A ou B e sem tumultuar a sessão de propósito, que o projeto seja reprovado, porém que os nove vereadores crie vergonha na cara e vá trabalhar, já trabalham apenas dois dias por mês, porque ficar em casa inventando doença para não comparecer à sessão?.

Um Natal com distribuição de brinquedos e a presença do papai Noel no Salgado Grande


Dezenas de crianças foram presenteados neste Natal, no último final de semana foi a vez do povoado do Salgado Grande, a primeira Dama acompanhada pelo prefeito Silvany Barros e do vereador Antônio Venâncio, entregaram presentes para todas as crianças do Salgado.

O evento aconteceu na última sexta-feira (27), e foi promovido pela prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social.

Setor da Saúde representa 6,8% do PIB da Bahia


Foto: Divulgação

O setor da Saúde representou 6,8% do Produto Interno Bruto da Bahia em 2018, de acordo com dados divulgados, nesta quinta-feira (26), pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), órgão vinculado à Secretaria do Planejamento. A SEI também informa que entre 2010 e 2019 houve crescimento de 37% de estabelecimentos que prestam serviços de saúde, sejam eles públicos ou privados.

“A SEI, mais uma vez, presta um importante serviço para a sociedade com a sistematização destes dados da Saúde. São informações que comprovam a prioridade que o Governo do Estado tem dado a este importante segmento, uma vez que sua representatividade é bem superior àquela apresentada a nível federal, que fica com apenas 4,9% do PIB do país”, ressalta o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.
Para o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, a pesquisa da SEI traz uma contribuição significativa para que a gestão do setor seja cada vez mais aprimorada. “A pesquisa revela, por exemplo, a ampliação de estabelecimentos de Saúde na Bahia, que saiu de 12.802 em 2010 para 17.556 até setembro de 2019, considerando o setor público e o privado. Isso demonstra o forte investimento estadual na construção de novos hospitais, policlínicas regionais e unidades básicas de saúde”, destacou Vilas-Boas.

O estudo da SEI ainda revela que em 2018 haviam 114.522 pessoas ocupadas nas atividades associadas ao segmento de Saúde, representando 15% de todos os empregos formais do setor de serviços. “Importante ressaltar que os dados do Ministério do Trabalho/RAIS dizem respeito apenas àquelas ocupações relacionadas aos empregos com carteira de trabalho assinada, em 2017. Se considerarmos todas as ocupações no setor, isto é, tanto as ocupações associadas aos empregos com carteira quanto aquelas associadas às pessoas jurídicas e servidores estatutários, teríamos um número ainda maior de pessoas exercendo alguma atividade no setor”, revela a diretora da SEI, Jorgete Costa.

Notícia sensacionalista nega informações a população, trazendo preocupação ao povo de Manoel Vitorino


Ontem à noite circulou nas redes sociais, a informação, extraída de blogs regionais aliados a oposição e um deles comprovadamente recebe para este fim, sobre um empréstimo solicitado a câmara municipal, por meio do projeto de lei 564 de 11 de dezembro de 2019, onde o gestor de Manoel Vitorino pede a aprovação da Câmara para contratar o serviço de crédito com a DESENBAHIA, em um valor de até 2.000.000,00 (Dois milhões de Reais).

O blog que veiculou a notícia faltou com a verdade quando citou os valores, aumentando de dois milhões para, dois milhões e duzentos mil e politizou a matéria quando escreve que, “o prefeito usará o dinheiro no seu último ano de gestão, que será o ano de eleição, deixando à dívida do empréstimo para ser pago pelo município após o término do seu mandato”, como se tivesse certeza que o prefeito, que é pré-candidato a reeleição, fosse perder a política, além de omitir informação, não divulgando, onde os recursos resultantes do financiamento seria destinados.

Matérias feitas com irresponsabilidade, sem ouvir o outro lado, trazendo desserviço à população e omitindo informações pode ser considerada Fake News.

De acordo com o vereador Jairo, o valor do empréstimo a ser contratado não foi feito pelo prefeito, a DESENBAHIA calculou a renda do município, as dívidas já contraídas e concluiu que, o município de Manoel Vitorino poderia contratar o serviço de crédito no valor de até 2.200.000,00 (Dois milhões e duzentos mil Reais), e que o prefeito Silvany Barros optou pelo valor de dois milhões.

Ainda de acordo com o vereador, o projeto deve ser votado na segunda-feira (30), os recursos serão usados para Infraestrutura Urbana e Saneamento e reestruturação da Praça pública do Distrito de Catingal, além disso, Jairo disse que os vereadores irão fazer uma emenda onde esclarecerá para onde será destinado cada parte dos recursos, abrangendo todo município.

O juro é de 5,5% ao ano, em uma análise rápida poderíamos ilustrar: 5,5 ÷ em 12 meses = 0,45 + 0,90 de CDI = 1.36% ao mês.

O Portal Catingal buscou informações com uma pessoa que trabalha em Banco para entender como esse cálculo pode ser feito, de acordo os cálculos desse especialista, a prestação dos Dois milhões baseados no juro de 5,5%, sem a inclusão do CDI, que é calculado no dia do pagamento, poderá chegar em R$ 21.572,73 que, multiplicado por 120 meses daria no total de R$ 2.588.727,6, uma prestação de aproximadamente 22.000,00 (Vinte dois mil Reais), é o que a prefeitura irá pagar por mês, para dar um grande salto em obras de infraestrutura em nosso município.