Cinco estudantes de Manoel Vitorino foram selecionados para Coletânea Literária Nacional


Foto: Portal Catingal

CINCO ESTUDANTES DA CIDADE DE MANOEL VITORINO – BAHIA tiveram os seus textos selecionados e serão publicados em uma coletânea de crônicas e histórias produzidas por estudantes, de todo o país, participantes do projeto “Ler é Bom, Experimente!”. O livro intitulado As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 11 é a décima primeira coletânea do projeto reunindo, por concurso, os alunos que escreveram os melhores textos. Há dezenove anos escolas de todo o país participam do projeto “Ler é Bom, Experimente!” que é desenvolvido pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura com o objetivo de incentivar a leitura e criatividade de estudantes de escolas públicas.
Todos os alunos participantes do projeto receberam exemplares dos livros “Acredite se quiser!” e “Quinho e o seu cãozinho – Férias na fazenda”, de Laé de Souza, para leitura, discussão dos temas propostos nas obras, adaptação para teatro, exercícios e outras atividades, culminando com a criação de um texto para participar do concurso literário. Os melhores trabalhos foram premiados com livros e participam da coletânea junto com estudantes de várias regiões do Brasil.

AS ATIVIDADES DO PROJETO NAS ESCOLAS DE MANOEL VITORINO QUE TIVERAM OS TEXTOS SELECIONADOS FORAM COORDENADAS PELAS PROFESSORAS DAIANE GOTARDO, AMANDA RIBEIRO BARROS, LUANA MEIRA ROCHA E ANATALINA PIRES LAGO, QUE RECEBERAM UMA CARTILHA PEDAGÓGICA PARA AUXILIAR A EXECUTAR AS ATIVIDADES DENTRO DA SALA DE AULA. TIVERAM OS SEUS TEXTOS SELECIONADOS OS ALUNOS ANA ISIS SOUZA DOS SANTOS, DAYANE CAMPOS ALMEIDA, MARLA SOUZA CASTRO, ADRIELE VIEIRA FRANÇA E ZAQUEU OLIVEIRA NASCIMENTO, DAS ESCOLAS E.M. CLERISTON ANDRADE E E.M. RIO DAS CONTAS.

Para o coordenador do trabalho, o escritor Laé de Souza, a ideia é atrair todos os estudantes para uma participação ativa em um movimento literário na sua própria escola. “A disseminação da leitura na sala de aula, se bem orientada, poderá criar novos cidadãos apaixonados pela leitura e com vontade própria de ler. O professor é nosso parceiro e assume conosco a empreitada de fazer o aluno descobrir o prazer da leitura”, diz o escritor.

Participaram das atividades em 2019, cento e vinte escolas de dezoito municípios, beneficiando mais de 20 mil estudantes. Os textos produzidos pelos alunos foram selecionados na primeira fase pelos professores e, posteriormente, pelo Grupo Projetos de Leitura que escolheu 99 textos para compor o livro “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 11”, sendo que 59 estudantes são de cidades baianas. Por conta disse, Jequié foi escolhida como palco de lançamento do livro que acontecerá no dia 13 de novembro no Auditório Waly Salomão, na UESB, com direito a autógrafos dos jovens autores e presença do escritor Laé de Souza, autor do projeto.

A Secretaria Municipal de Educação de Manoel Vitorino, Bahia, no âmbito de suas práticas administrativas/pedagógicas, felicita a todos os professores e alunos pelo mérito.

Gincana Cultural do 30 de Julho faz sucesso na internet e mobiliza Manoel-vitorinenses


Uma verdadeira explosão, assim o diretor da Escola 30 de Julho em Manoel Vitorino definiu a II Gincana que acontece no Ginásio este ano. Uma das tarefas, é gravar um vídeo de 20 segundos falando o nome e a equipe de apoio, o que encarretou em uma grande mobilização nas redes sociais, o Instagram está bombando, várias pessoas ilustres de nossa cidade estão entrando no clima, até mesmo quem não tem acesso as redes sociais, está aparecendo em vídeo dando seu apoio a alguma equipe.

Para Eduardo, a Gincana provocou uma grande autoestima nos alunos, contagiando toda cidade, visto que, cada aluno possui uma ramificação familiar e estão levando toda sua família para a web através dos vídeos.

“A Gincana terá duas tarefas muito importante para nossa comunidade, a arrecadação de alimentos e roupas que posteriormente serão doados para a população carente”, pontuou o diretor.

Boa Nova: Lucas de Aete é o principal nome da oposição


Foto: Reprodução

Em Boa Nova o grupo da oposição vai lançar o jovem Lucas de Aete (PP) como candidato a prefeito. O mesmo é filho do ex-prefeito Aete Meira (PP), que perdeu a reeleição em 2016 por uma diferença de apenas 300 votos.

O atual prefeito Adonias Rocha (DEM) está com uma grande rejeição, por isso o nome de Lucas de Aete é considerado o favorito para a eleição. Políticos do Sul da Bahia.

Corpo da travesti Paula Santos é barrado pela polícia, havia digitais no corpo, seu celular estava em ativa


Já estava tudo pronto, o corpo já estava no caixão e ia ser conduzido para Catingal ainda hoje, mas de acordo com informações obtida pelo Portal Catingal, a polícia não deixou o corpo ser liberado. Informações dão conta que o celular da travesti estava em pleno funcionamento, inclusive atendendo ligações, através do rastreio via GPS a polícia acabou chegando ao celular e consequentemente detendo suspeitos que estão sendo ouvidos e provavelmente exames das digitais serão feitos para comparar com as digitais encontradas no corpo da Paula Santos. Polícia segue investigando o crime.

O corpo deve ser liberado na quinta-feira (07).

Identificado corpo de travesti que foi encontrado dentro de saco em Jequié, jovem era de Catingal


Foto: Montagem Portal Catingal

O corpo encontrado na última terça-feira foi reconhecido na tarde de hoje (05), trata-se de Paulo Silva Santos Junior, um conhecido travesti de catingal. O corpo de Junior, foi encontrado em um matagal no Anel Rodoviário, nas imediações do Loteamento Sanville, em Jequié na última terça-feira (05). dês de que assumiu ser travesti, Paulo Junior se mudou para Jequié, na cidade, ele era conhecido como Paula Santos. Junior fazia programa e tinha como ponto a Rua Castelo Branco, próximo ao Mercado Vicente Grilo.
O corpo de Paulo Junior já está sendo liberado e será enterrado na Lavandeira, região de Catingal em Manoel Vitorino.

Jovem encontrado morto em Jequié pode ser de Catingal


Foto: Montagem Portal Catingal

O corpo encontrado na última terça-feira (05), pode ser de, Paulo Silva Santos Junior que está desaparecido a alguns dias. Hoje (06), Familiares de Paulo compareceram no Complexo Policial de Jequié, para fazer o reconhecimento do corpo encontrado no anel viário. O corpo está em avançado estado de decomposição e por isso a família não reconheceu como sendo o de Paulo, exames das digitais serão realizados em Salvador para descobrir a verdadeira identidade do cadáver.

Junior era de Catingal, dês de que assumiu ser travesti, ele se mudou para Jequié, na cidade, ele fazia programa e tinha como ponto a Rua Castelo Branco, próximo ao Mercado Vicente Grilo. Sua última postagem no Face book foi no dia 23 de outubro às 00:34 horas, escrevendo a seguinte legenda: Você tem o direito de falar o que pensa, mas não tem o direito de julgar quem não conhece!. Em uma breve busca em sua página no face book, percebemos que Paulo Junior fazia publicações quase todos os dias, porém, sua última publicação já fazem mais de 15 dias.

Na tarde da última terça-feira (05), um corpo com características semelhantes ao do travesti foi encontrado, em um matagal no Anel Rodoviário, nas imediações do Loteamento Sanville, em Jequié.

De acordo com a Polícia, o corpo estava dentro de um saco, mãos e pés amarrados com fios elétricos e já se encontrava em estado avançado de decomposição. As características é que o corpo tenha sido desovado no local.

Para o Delegado da Delegacia Territorial, Moabe Macedo, não a dúvidas que seja o corpo de Paula, mas prefere aguardar a prova científica do Departamento de Polícia Técnica.

Foto: Montagem Portal Catingal

“Deus está no controle”: Michelle afirma que repete frase a Bolsonaro


Michelle e Jair Bolsonaro. (Foto: Carolina Antunes/PR)

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, esteve nesta quarta-feira (30) em Goiânia e defendeu o marido, presidente Jair Bolsonaro, contra o que chamou de “difamações”, afirmando que “todas estas calúnias irão cair por terra”.

Michelle rebateu a matéria do Jornal Nacional, divulgada  a última terça-feira  (29), no qual o nome de Bolsonaro foi ligado indevidamente a morte da vereadora Marielle Franco, ocorrida no ano passado.

Sua visita se deu durante o lançamento da plataforma do voluntariado da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), em evento realizado pela manhã no Setor Bueno.

Através do Programa Pátria Voluntária, idealizado e coordenado pela primeira-dama, existe a possibilidade de conexão entre instituições e pessoas que podem oferecer ajuda a causas sociais, através de uma ferramenta.

No discurso de defesa de Bolsonaro, a quem ela chama de “meu digníssimo, amado, lindo marido, meu príncipe”, ela apontou que a ascensão do presidente ao Planalto foi instituída por Deus. “Creio na palavra de Deus, que Deus (é) que institui as autoridades e Ele que coloca a ajudadora ideal a seu lado”, disse.